Fear the Walking Dead - Crítica do piloto

Fear the Walking Dead – Crítica do piloto

O spin-off de The Walking Dead estreou no último domingo e bateu o recorde de estreia de uma série em canal a cabo nos EUA, parece que por enquanto a renovação precoce da série foi acertada.

O clima da série é bom. Não se pode achar que logo de inicio teria ação e correria, não, a série é sobre o inicio do apocalipse zumbi e as coisas não apenas acontecem de uma hora pra outra. Dessa vez ao invés de Rick, temos o Nick, e a série começa com ele estando drogado de heroína e vislumbra pela primeira vez o que seria um zumbi, ou apenas delírio derivado das drogas, talvez a emissora queria que pensássemos isso, mas a gente sabe do que se trata né?

Com esse acontecimento o jovem sai correndo pela rua e acaba atropelado e vai parar no hospital e com isso temos o novo drama familiar apresentado.

O jovem drogado que até então parece ser o protagonista, a irmã meio rebelde (Madison), a mãe professora (Alicia) com o novo marido também professor (Travis) inclusive o mesmo dando aula sobre o escritor Jack London e a sobrevivência do ser humano fazendo referência ao que vamos ver daqui pra frente é bem interessante.

O tempo todo do episódio ouvimos sirenes de fundo e notícias sobre acontecimentos estranhos que até então ninguém faz ideia do que seja mas já paira no ar que algo não está normal.

Quem espera uma correria e muita ação vai se decepcionar, mas como dito anteriormente essa série de introdução ao universo do The Walking Dead, o apocalipse ainda não aconteceu e as pessoas vivem suas vidas normalmente.

Fear the Walking Dead - Crítica do piloto

Com o sucesso da sua “série mãe”, Fear the Walking Dead tem tudo para dar certo por si própria se a história engrenar junto com os seus personagens. A produção é boa e veremos zumbis nos mesmos moldes de The Walking Dead. Há pontas soltas o que indica que vamos ter muitas tramas e subtramas o que vai consumir algum tempo da produção.

A série terá seis episódios nessa temporada e então volta só em 2016, vamos ver se vai causar ansiedade para o próximo ano ou não.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s