Deadpool ditando tendência para o cinema

Deadpool ditando tendência para o cinema

Há alguns anos as adaptações de histórias em quadrinhos para o cinema têm usado como padrão manter a classificação indicativa mais baixa, visando assim alcançar mais lucros com bilheteria. Não que seja ruim, eles fazem os filmes para ganhar dinheiro, mas essa atitude de manter a classificação viável para todas as idades, por vezes, faz com que certos filmes acabem sendo menos fiéis às suas HQs de origem, ao cortar ou suavizar alguns aspectos lhes são inerentes.

Raros casos ocorreram durante os últimos anos, como por exemplo, Watchmen e o Justiceiro (2008) que tiveram classificação 18 anos. Foram filmes muito bons a meu ver, apesar de alguns fãs mais puristas não gostarem. De qualquer maneira ambos não foram muito bem em bilheteria. O filme do Justiceiro nem arrecadou o que foi gasto na produção.

Com o sucesso do filme do Deadpool parece que as coisas tendem a mudar um pouco. Ontem saiu uma notícia de que, ao que parece, o novo filme do Wolverine também será para maiores de 17 nos EUA. Essa tendência pode beneficiar muito o filme do carcaju, depois de tantas derrapadas da Fox nas suas produções baseadas em quadrinhos (que o diga o mais recente filme do Quarteto Fantástico).

Wolverine

Há casos e casos e o bom senso deve sempre predominar. Não faz nem sentido esperar que certos filmes aumentem a classificação indicativa. Não dá pra imaginar um Vingadores ou Homem Aranha com classificação 18 anos. Mas existem casos em que seria excelente não ter tantas amarras, como foi o caso do Deadpool. Justiceiro, Demolidor, Lobo, o próprio Wolverine, entre outros, TEM que ser 18 anos, pelo conteúdo da história.

O sucesso de Deadpool tem essa importância para as adaptações de quadrinhos no cinema. Pelo menos abriu os olhos das produtoras para essa opção de classificação.

Deixar apta para ser vista por crianças uma adaptação de HQ mais adulta pode comprometer a história. Por outro lado caprichar na violência e nos nudes sem ter um bom roteiro é um tiro no pé (com direito a muito sangue e fratura exposta). O que o público desse tipo de filme (eu incluso) busca? Um grau aceitável de fidelidade e alta qualidade. Acho que finalmente ficou claro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s