It: Bill Skarsgard fala sobre interpretar Pennywise

It: Bill Skarsgard fala sobre interpretar Pennywise

Foi divulgada a primeira imagem do vilão da nova adaptação de It para o cinema: Pennywise, o palhaço monstro, concebido por Stephen King. Diferente do filme dos anos 90, o personagem aparece, acima de tudo, frio. Como quem está no controle da situação. Os olhos amarelos chamam a atenção. Olhos agudos e cruéis. Será que podemos confiar no bom presságio que essa imagem traz e acreditar no sucesso do remake desse clássico?

Ao site de entretenimento EW, Bill Skarsgård (Hemlock Grove) contou um pouco sobre como tem sido interpretar Pennywise:

“Ele é mais que um sociopata, pois não é nem mesmo humano. Ele tampouco é um palhaço. Estou interpretando apenas uma das formas criadas pela Coisa. A Coisa realmente gosta da forma de palhaço de Pennywise, gosta do jogo, da caça.” diz o ator. “O que é divertido para essa entidade maligna pode não ser tão divertido para os demais. Mas ele acha divertido”.

Filho do ator sueco Stellan Skarsgård, conhecido por diversos filmes como Melancolia, Vingadores, Os Homens Que Não Amavam as Mulheres, entre muitos outros, Bill tem que honrar o ofício da família. Além disso tem que levar em conta a grande interpretação de Tim Curry, o Pennywise do filme original, feito em 1990 para a TV.

“Um dos meus melhores amigos é completamente traumatizado por causa da versão original de It. Ele tem fobia de palhaços e tinha talvez cinco ou seis anos quando assistiu ao filme. Ficou aterrorizado pra vida toda.” conta o ator entre risos. “A performance de Tim Curry foi realmente incrível e, por isso mesmo, preciso fazer algo diferente. Eu nunca seria capaz de fazer uma interpretação de Tim Curry tão bem quanto Tim Curry”, conclui.

O filme, que está previsto para estrear ano que vem, contará a primeira parte da história, na qual os garotos se conhecem, desenvolvem a amizade entre eles e enfrentam, pela primeira vez, o monstro que encarna todos os medos infantis. Caso o filme seja bem sucedido, uma sequência está prevista onde será contada a volta dos garotos, já adultos, à Derry e o último confronto com a Coisa. Seria ótimo se assim fosse e pudéssemos assistir a adaptação completa da história. It não é como O Iluminado, Carrie ou O Cemitério. Ele não assusta pelo que está escrito nas páginas. O medo vem de dentro, das nossas próprias memórias infantis, quando nos identificamos com aquele pequeno grupo de crianças que se deparara com seu pior pesadelo e resolve encarar. O livro tem essa capacidade de trazer à tona sua criança interior. Não aquela alegre ao receber um presente, segura com a família reunida, feliz por estar tendo um belo dia num parque de diversões com os amigos. Me refiro àquela criança triste por causa de alguma bronca, ou uma perda, magoada, solitária, que precisa lidar com monstros até então ignorados, como a morte, a maldade e o perigo que representa cada estranho que passa. Essa criança, que existe em cada um de nós, está esquecida, junto com outras memórias negativas que antes pareciam facas afiadas no peito, mas agora são coisas distantes e sem importância. É essa criança que o livro traz à memória, causando uma sensação no mínimo perturbadora. Penso que da mesma forma o filme deveria trazer essa experiência ao público para ser bem sucedido. It está no coração da mitologia de King, na concepção do mal em si mesmo. A grande entidade existente na terra do Cemitério, na estrutura metálica de Christine, nas paredes do Hotel Overlook e por aí vai. O livro é longo e, às vezes, cansativo, mas recomendo fortemente para todos que se consideram fãs de Stephen King. É uma verdadeira experiência, se lido na época certa. Bill Skarsgård, com apenas 25 anos, está incumbido da tarefa de dar vida à Pennywise. Parece ter pedigree e bom humor para essa missão. Boa sorte para ele e para todos os envolvidos e que venha 2017!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s