Brazil , o Filme Crítica

Brazil , o Filme – Sátira distópica de Terry Gilliam

Para alguns desavisados o título desse filme pode fazer pensar que a trama se ambienta em nosso país. Entretanto o filme não nada tem a ver com as terras tupiniquins e apenas faz referência à um momento do filme em que a música “Aquarela do Brasil”, conhecida no exterior apenas como “Brazil”, é executada. Vários títulos foram pensados para essa sátira distópica, mas Brazil foi a escolha final.

Brazil, filme de 1985 do diretor Terry Gilliam (conhecido por Monty Python: em Busca do Cálice Sagrado e também pelo excelente 12 Macacos) retrata um futuro distópico onde a burocracia extrema tomou conta de todos os setores do governo e da sociedade e onde atentados terroristas são comuns, não causando qualquer comoção. O filme pode ser considerado futurista, ao mesmo tempo que é atemporal. Há muito papel e muitos cabos pra todo lado, o que não reflete o futuro que viria a seguir com a Internet e o sistema wireless, mas serve como recurso para representar o caos e a burocracia. Há muita semelhança com o livro 1984, de George Orwell, mas com mais humor e sem a figura do Big Brother.

img2

Logo no inicio do filme um funcionário do governo comete um erro de digitação fazendo um homem inocente ser preso por engano no lugar de um criminoso terrorista. Esse engano e suas consequências acabam mudando a rotina de um outro funcionário chamado Sam Lowry (Jonatham Pryce, o alto pardal de GoT). Sam, que vive uma vida sufocado em sua rotina, tem um sonho recorrente no qual ele está com uma mulher que é o amor de sua vida idealizado. Um dia, ao ir até a casa da família do homem preso por engano para levar um documento, ele acaba encontrando com a vizinha da viúva que não é ninguém menos que a mulher dos seus sonhos. Enquanto o governo prefere qualquer coisa a admitir um erro cometido é essa mulher que começa a questionar a situação, envolvendo o protagonista em situações que saem de seu controle. Daí para frente se seguem muitas cenas surreais, num tipo de noir futurista. Há a paranoia presente na obra 1984 e também a indiferença da sociedade diante dos maiores absurdos ao ponto de pessoas continuarem jantando num restaurante mesmo após a explosão de uma bomba.

Brazil , o FilmeEnquanto destruição e morte não comovem ninguém, futilidades como a busca pela estética corporal vigente despertam intenso interesse. Enfim, são muitos elementos e metáforas com muitas possibilidades de interpretação, o que dificultou o acesso do grande público e fez com que o filme não atingisse sucesso de bilheteria.
Robert DeNiro está no elenco interpretando Harry Tuttle, um personagem importante para a trama apesar de aparecer pouco em tela.

Pra finalizar uma curiosidade: esse filme foi uma das fontes que inspiraram o longa de anime Perfect Blue, de Satoshi Kon.
Brazil, o Filme é um verdadeiro cult e merece ser assistido com paciência para ser bem apreciado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s