Westworld - Episódio confirma teoria de fãs da série

Westworld – Episódio confirma teoria de fãs da série

Para os fãs de Westworld que não estão muito por dentro das teorias da série que estão pipocando pela Internet, o final do último episódio ( S01E07 “Trompe L’Oeil” ) pode ter sido chocante. Na verdade mesmo aqueles que já estavam à par dessas teorias podem ter ficado um tanto espantados com o episódio pela violência e frieza do final.
A série se passa no futuro e é centrada no parque temático para adultos chamado Westworld. Ambientado no Velho Oeste, Westworld é um local onde os visitantes podem saciar qualquer apetite com o qual possam fantasiar, mesmo os considerados ilícitos. Empreender verdadeiras caças ao tesouro, executar a sangue frio um oponente numa briga de saloon, desfrutar da companhia de jovens “damas da noite”, caçar bandidos perigosos e receber a recompensa, estuprar donzelas, enfim, qualquer coisa que lhes venha a mente é permitida nesse mundo criado para satisfazer todos desejos de quem puder pagar pela experiência.

Para isso uma vasta locação repleta de cenários é criada com riqueza de detalhes. Robôs, chamados de anfitriões, desempenham papéis dentro de um roteiro que se repete diariamente. São cópias fiéis de seres humanos, mas respondem aos comandos dos desenvolvedores do parque.

A coisa começa a ficar meio tensa quando pequenos desvios de comportamento são observados nos  anfitriões. Será possível que alguns estejam desenvolvendo um tipo de consciência? Ou as anomalias seriam causadas por algum tipo de sabotagem?

img2.jpgEssa é apenas uma linha narrativa na série. Há o misterioso cavaleiro de preto (interpretado por Ed Harris) cujo objetivo é encontrar um certo labirinto, sabe-se lá com que propósito. Há ainda as anfitriãs Dolores (Evan Rachel Wood) e Maeve (Thandie Newton) que tem arcos muito importantes na trama. Existe algo de muito simbólico no modo como elas lidam com a realidade que lhes é imposta e o desejo de transcender e encontrar um verdadeiro propósito, uma jornada muito humana se pararmos pra pensar.

Nesse contexto Ford, interpretado pelo grande ator Anthony Hopkins, seria Deus, o criador de tudo. Apesar do apreço que tem por sua criação como uma realização artística suprema, Ford é frio em relação a ela e apenas parece enxergar suas criaturas sob o aspecto da utilidade que elas possam ter dentro das narrativas desenvolvidas por ele. Claro que há mais do que isso e vamos compreender esse personagem melhor conforme ele for se revelando. Uma coisa é certa: nada em Westworld é o que parece.

A edição e o jogo das câmeras desempenham um papel fundamental, escondendo e mostrando o que é preciso, não entregando nada gratuitamente mas dando muitas pistas do que está acontecendo. Divergências no logo da empresa e cenas com edições perceptíveis aos olhos mais atentos fizeram surgir algumas teorias interessantes. A mais importante é que o que estamos assistindo não se passa na mesma linha temporal. Um arco se passa trinta anos atrás e o outro no presente. Nesse caso os fatos do presente tem estreita conexão com o que houve no passado, cujo desenrolar está sendo aos poucos revelado. Dentro dessa teoria Bernard (Jeffrey Wright) seria um anfitrião feito à imagem de Arnold, sócio e co-criador do parque ao lado de Ford. Em várias cenas Dolores conversa com alguém que o telespectador supunha ser Bernard. Seguindo essa teoria, nas entrevistas em que Dolores está vestida, quem estaria falando com ela seria Arnold, há trinta anos atrás, logo nos primeiros anos da criação do parque. É dito que Arnold se deixou envolver por suas criações e perdeu a noção entre o real e o artificial, tendo morrido posteriormente, dentro do parque. Será? No último episódio foi mostrado que Bernard é mesmo uma criação de Ford. Será que o restante das teorias também vai se confirmar?

Uma possibilidade é que as novas anomalias estejam sendo causadas algumas por Ford e outras por Arnold (que estaria vivo ainda). Ambos estariam em uma espécie de guerra fria, se preparando para o verdadeiro combate pelo controle do parque. Outra possibilidade é a de que tudo estaria sob o controle de Ford com um propósito ainda obscuro para nós. Uma coisa é certa: se ele recriou Arnold poderia recriar quem quisesse. Talvez até substituir seus desafetos no Conselho da empresa por criaturas feitas por ele e sob seu controle. Desse modo poderíamos até pensar na possibilidade de ele criar um robô que se passe por um humano de grande influência no mundo externo. Desse modo ele deixaria de controlar apenas Westworld e poderia dar as cartas do lado de fora também, tendo como marionete um político importante, talvez até um Presidente, por exemplo. Pode ser uma teoria exagerada, mas o leque aberto é muito amplo e permite viajar longe.

Esse é o grande trunfo de Westworld, a amplitude de seu tema. Se por um lado temos cenas de ação dignas de faroeste, passando por cenas de ficção científica, com toques de romance e drama, é perceptível que existe algo muito profundo por trás de tudo. O que nos faz humanos? Muitas vezes os anfitriões se comportam com mais humanidade do que os visitantes do parque. Qual o propósito da vida? Isso é o que muitos anfitriões estão se questionando, embora estejam presos inconscientemente à um roteiro pré estabelecido. Mas a verdade é que muitos visitantes também vão ao parque buscar o propósito de suas próprias vidas e alguns inclusive encontram. Numa cena muito simbólica um técnico do parque está fazendo um reparo em Maeve. Ela lhe pergunta o que ela é e ele explica que ela é um ser criado pela tecnologia humana. Ela então pergunta ao técnico o que ele é, ele responde que é um humano. “Como você sabe?”-Ela então pergunta de volta. Essa é uma das questões centrais de Westworld, entre outras tantas de dar nó em nossas mentes de um modo que Matrix fez há tantos anos atrás. O que o final dessa temporada vai nos revelar? A segunda temporada já está confirmada, para nossa intranquilidade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s