Vikings encerra temporada dando adeus a muitos personagens queridos

Vikings encerra temporada dando adeus a muitos personagens queridos

(SPOILERS!) 

A quarta temporada de Vikings se encerrou e o criador da série, Michael Hirst, não poupou ninguém em ordem de dar a devida continuidade a sua saga nórdica.
Na temporada mais longa da série até aqui foi possível conhecer melhor Ivar, Sigurd, Hvitserk e Ubbe, assistir a transformação de Lagertha em rainha de Kattegat e lamentar o fim do nosso querido e insubstituível Ragnar Lothbrok.

Ragnar, após anos desaparecido, retorna a Kattegat e vê que já não pertence a esse lugar que um dia fora sua casa. Ele já não é respeitado como no passado, mas ainda tem o sonho de ver todo o povo nórdico unido em uma aliança com o objetivo não de pilhar, mas de conquistar. E já que não pode ser ele o líder a intenção é, ao menos, ser a causa dessa aliança. Para isso o velho rei põe em ação um plano que culminará em sua morte. E “como grunhirão os porquinhos ao saber como o velho javali morreu”? A cena em que Odin revela a seus filhos sobre sua morte é de arrepiar. O modo como Hirst mescla história, ficção e mitologia sempre foi um ponto alto na série.

Vikings Ragnar

O plano funciona e a aliança se forma. O grande exército viking chega a Northumbria e o encontro com o exército do rei Aelle é outra cena memorável. Mas é a cena da batalha dos vikings liderados por Bjorn Ironside contra o exército liderado por Aethelwulf que empolga de verdade. A estratégia de Ivar define o confronto e prova o valor desse lendário guerreiro viking.

A temporada trouxe muitas mortes de personagens queridos (ou nem tanto), além de Ragnar e, diferente de sua concorrente Game of Thrones, não trará nenhum deles de volta. Sem muitos spoilers vamos para o que importa: o que esperar daqui para frente? Alguns ciclos se encerraram mas continuarão exercendo influência sobre o destino dos que continuam. A vingança uniu os filhos de Ragnar e deu as bases para a formação do maior exército viking já visto. Mas a vingança também vai separá-los e esse exército provavelmente também vai se dividir. Uma verdadeira guerra mundial da era medieval está prestes a ter início.

Ecbert, antes de encontrar seu destino, pregou uma peça no exército invasor. Não poderia ser diferente, vindo desse monarca tão brilhante e sábio quanto imoral e corrupto. Linos Roache mostrou mais uma vez sua alta qualidade como ator ao dar novas nuances a seu personagem que, agora envelhecido, tem muitos dilemas de consciência e inseguranças, ao mesmo tempo que demonstra ter adquirido mais sabedoria. Sua ação final certamente terá desdobramentos interessantes no curso dessa guerra.

Floki termina a temporada à mercê da vontade dos deuses. Sombrio e sem nada que o prenda é difícil prever como será o caminho desse personagem, um dos mais queridos pelos fãs da série, daqui pra frente.

Um novo personagem foi apresentado no último episódio. Bispo Heahmund, interpretado por Johnathan Ryes Meyers, é um religioso tão piedoso quanto a época permite e um guerreiro. É um personagem histórico, parte de uma classe de guerreiros precursora dos templários, que teve participação importante na guerra entre saxões e vikings. Na série certamente se unirá às forças de Aethelwulf contra os invasores.
Mais duas temporadas estão à frente e muitas batalhas também. Vamos ver como se sairão os descendentes de Ragnar Lothbrok em sua busca por novos territórios e, o mais importante, pela glória.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s