Lion- Uma Jornada para Casa

Lion- Uma Jornada para Casa conta a incrível história de Saroo Brierley

Estréia nos cinemas brasileiros o filme Lion- Uma Jornada para Casa, cuja história comovente é baseada na autobiografia de Saroo Brierley, um indiano adotado por um casal australiano que, ao chegar na fase adulta, decide procurar por sua família biológica.

(spoilers leves)

O filme começa mostrando a infância de Saroo. Ele vive com sua mãe, seu irmão mais velho Guddu e sua irmã caçula. A mãe trabalha carregando pedras para sustentar as crianças, mas a situação é muito precária e Guddu e Saroo fazem pequenos serviços em troca de comida e leite. Guddu às vezes vai para a estação trabalhar limpando vagões e uma noite leva Saroo com ele. Saroo dorme sem querer num dos vagões e acorda dentro de um trem em movimento. Sem que ninguém se dê conta de sua presença o trem segue seu curso e após alguns dias chega a Calcutá. Perdido e sem conhecimento da língua local, Saroo vaga sem rumo e passa por muitas situações de perigo até ser levado para um orfanato. Essa primeira parte do filme é intensa e mostra a paisagem e a sociedade com seus contrastes sob o olhar daquela criança que vai aprendendo a sobreviver movido pelo desejo de reencontrar sua família.

LionO ator Sunny Pawar demonstra uma competência impressionante interpretando o pequeno Saroo. Essa primeira parte do filme (talvez a mais interessante) se apóia toda nele e o garoto dá conta do recado. Também gostei muito do ator Abhishek Bharate como o irmão mais velho Guddu. É impossível não ficar de coração partido vendo o sofrimento dele ao procurar o irmão em vão.
Após um tempo no orfanato Saroo é adotado por um casal australiano. Pouco tempo depois o casal adota outro menino indiano chamado Mantosh para ser irmão de Saroo.
A segunda parte mostra Saroo já adulto, recém formado e totalmente aculturado. Ele já não fala o idioma materno e mal se lembra da infância passada na Índia. Mas as lembranças começam a voltar a sua mente e ele passa a ser consumido pelo desejo de encontrar a mãe e os irmãos para saber como eles estão e dizer que está vivo e bem.

Após três anos de trabalho árduo  pesquisando na Internet e tentando refazer o percurso de quase mil e quinhentos kilometros que fizera mais de vinte anos atrás, Saroo descobre finalmente o nome de sua cidade natal. Com o apoio de seus pais adotivos Sue (Nicole Kidman) e John (David Wenham), assim como de sua namorada Lucy (Rooney Mara), ele viaja para a India em busca de suas origens.

Nicole Kidman como a mãe australiana de Saroo está muito bem e sua indicação ao Oscar de atriz coadjuvante é merecida,  embora não ache que o páreo esteja para ela esse ano. Dev Patel (Quem Quer Ser um Milionário?)  mostra mais uma vez seu talento e  carisma e também recebeu uma indicação da Academia por esse trabalho.

O final é comovente e mostra cenas reais de Saroo, seus irmãos e suas duas mães. Uma história incrível que ganhou uma adaptação a altura no cinema. Aos que forem conferir não esqueçam de levar uma caixinha de lenço

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s