Dica de Filme – O Fantástico Senhor Raposo

O diretor e roteirista Wes Anderson tem um estilo bem próprio impresso em toda sua filmografia e O Fantástico Senhor Raposo é mais uma de suas obras típicas. Lançado em 2009, é uma adaptação do livro homônimo do escritor Roald Dahl e se trata de uma animação (a primeira de Anderson) que não convém comparar com qualquer filme da Disney ou Dreamworks. O stop motion pode causar estranheza pra quem está acostumado com trabalhos dos estúdios citados acima.

O filme traz a vida adulta de animais que, apesar de bem humanizados, não são fáceis de assimilar. O personagem principal é uma raposa, animal que é normalmente associado a furtos e trapaças e o filme mostra isso, além dos dilemas e responsabilidades da vida adulta.

Sr. Raposo vive uma vida de furtos, tendo como cúmplice a própria Senhora Raposa. Após ela revelar que está grávida e pedir para que ele pare com as práticas ilegais o casal passar a viver uma existência pacata e Sr. Raposo se torna colunista de um jornal.

O grande conflito vem da saudade que o protagonista sente da emoção de praticar furtos que o faz sentir-se tentado a voltar para sua velha vida. É nesse momento que a trama ganha sua motivação e seus vilões. Mas tudo de um modo leve.

O Fantástico Senhor Raposo É fácil ver um paralelo entre os problemas do Sr. Raposo e a passagem para a vida adulta de qualquer ser humano. Deixar o velho estilo para trás para cuidar da família, conviver com padrões da sociedade (bem mostrados quando ele quer se mudar para um lugar melhor), entre outras situações fáceis de se identificar, estão presentes. Até o conflito do filho que quer ser como o pai mas sente raiva dele ao mesmo tempo é algo bem familiar.

O estilo do diretor deixa o filme engraçado sem proporcionar risadas fáceis, afinal não se trata de uma comédia. Os efeitos de som e a trilha sonora são excelentes e muito bem pontuados. Outro destaque é o stop motion, raro de se ver no grande circuito de cinema.

O modo como o filme mescla aspectos humanos e animais nos personagens e mostra a resolução de seus conflitos, inclusive acrescentando boas cenas de ação, torna a experiência de assistir a esse filme muito interessante e recompensadora. Não é a toa que Wes Anderson acabou sendo indicado ao Oscar de melhor diretor pouco tempo depois, em 2014, pelo excelente O Grande Hotel Budapeste. O diretor tem sua assinatura própria e consegue agradar o público e a crítica. Fica a nossa recomendação.

Anúncios

Um comentário sobre “Dica de Filme – O Fantástico Senhor Raposo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s