Dunkirk – Review

Dunkirk, o mais novo filme do famoso cineasta Christopher Nolan, chegou aos cinemas com status de obra-prima. Fugindo de alguns clichês e emoções manipuladas, é um frescor para o estilo que rendeu tantos longas.

O filme relata a situação das tropas britânicas, francesas e belgas encurralados em Dunkirk, no norte da França, durante a Segunda Guerra Mundial. A única chance desses soldados é tentar atravessar o Canal da Mancha e chegar a Inglaterra, mas é quase impossível devido aos ataques do exército inimigo.

A tensão é muito bem construída pela direção técnica de Nolan. A quase ausência de diálogos, as cores frias e escuras, o ótimo trabalho de câmera, além dos efeitos especiais e atuações do elenco, trazem o abandono e desespero sofridos por aqueles homens em momentos que lembram o cinema de Tarkovsky Soma-se a esse clima a excelente trilha sonora de Hanz Zimmer – sufocante, agoniante, agressiva – que acompanha e agudiza a violência e o medo, numa sequência de cenas onde o terror parece não ter fim.

Diferente do recente Até o Último Homem de Mel Gibson, onde que a violência é visceral, aqui a violência é contida e o que se sobressai é o medo constante de bombas e torpedos. Não é mostrado muito sangue, o terror causado no espectador é quase psicológico, agravado pelos ambientes claustrofóbicos onde ocorre grande parte das cenas.

Dunkirk review Outro diferencial do filme é que o inimigo sequer é mostrado. Os incontáveis filmes da Segunda Guerra cansaram de vilanizar soldados alemães e quase nunca deixam de mencionar Hitler ou a SS. Aqui nem a suástica aparece. Lembra alguns filmes de “monstro” em que a ameaça é conhecida e coisas ruins acontecem, mas não vemos a figura. Foi um excelente modo de mostrar a guerra, realista, inclusive.

Nolan, mais uma vez, opta por contar essa história de forma não linear. Acompanhamos 3 grupos de personagens e acabamos vendo a mesma cena sob mais de uma perspectiva. Não há realmente um protagonista nessa história, exceto a própria Guerra. O elenco está ótimo e conta com o ganhador do Oscar Mark Rylance, o premiado Kenneth Branagh e Tom Hardy.

Dunkirk é um excelente filme de guerra, certamente uma obra-prima de Christopher Nolan e um novo clássico do cinema.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s