Game of Thrones: Beyond the Wall traz o fim de uma guerra

(contem spoilers do episódio)

O sexto episódio de Game of Thrones – Beyond the Wall – finalmente uniu as opiniões de dois grupos que até então costumavam discordar. Não, não me refiro a Lannisters e Starks e sim aos fãs da série que leram os livros e os que não leram. Não que ler seja imprescindível (mesmo porque a série já ultrapassou os acontecimentos dos livros), mas quem leu tem sua opinião sobre a adaptação influenciada pela obra escrita, o que muitas vezes faz com que esse fã seja mais crítico (chato) do que aquele que não leu.

Sim, o milagre do entendimento mútuo aconteceu, a paz se estabeleceu e todos estão de acordo: Beyond the Wall foi muito aquém do esperado para o penúltimo episódio da temporada, ainda mais se pensarmos que a temporada foi curta. Estamos apreensivos, pode apostar que sim! Será que o sétimo episódio vai ser digno ou vai trazer confusão ao tentar correr a distância que os episódios anteriores deixaram de cobrir?

Não pretendo fazer aqui um “recap” do episódio, mas apenas comentar os acontecimentos mais promissores e deixar aqui algumas expectativas para o futuro:

-Operação Um Morto Muito Louco Parte 2:

Ok, muito convenientemente um dos wights do pequeno grupo abordado por Jon e Cia. não caiu “morto” após o líder zumbi se desfazer sob os golpes de Garra Longa. Agora resta passar a Muralha com ele e depois atravessar o continente para mostrá-lo em Porto Real. Perguntas:

1- No calorzinho que vai fazendo a medida que se vai para o sul, como fica a situação do “presunto”? No mínimo desagradável. Pra não mencionar a distância que terão que percorrer em semanas de viagem. Se bem que o teletransporte provavelmente vai entrar em ação de novo.

2- Cada um desses miseráveis mortos-vivos do norte da Muralha vive apenas pela vontade do Rei da Noite e seus vassalos. Será que não existe limite pra esse Wi-Fi?

A Muralha supostamente não deveria neutralizar o feitiço que mantém os White Walkers ativos? Esse exagero de confiança na credulidade da audiência me deixa um pouco incomodada.

Agora resta saber como essa loucura toda vai influenciar a Rainha Louca, Cersei Lannister.

P.s: Sandor fez uma das coisas mais estúpidas da série, só perdendo para Ned confiando no Mindinho! Menos uma fã, Clegane!

– Casos de Família: Minha irmã é uma b%#ch!:

Arya confronta Sansa por causa da carta escrita há tanto tempo pela ruiva quando era refém em Porto Real, onde ela pedia a Robb que jurasse lealdade ao rei Joffrey. Sansa tenta reaver a mensagem, com medo de perder os aliados que possui no Norte. Ao fazer uma busca no quarto de Arya o que ela encontra são os rostos usados pela pequena loba em sua jornada de vingança. Arya aparece na hora e revela a natureza de suas habilidades adquiridas em Braavos. No fim o que parecia uma clara ameaça à vida de Sansa se mostra uma oportunidade. Nunca perco a esperança nos Stark, especialmente nas garotas. Ainda acho que existe um plano em andamento arquitetado por Sansa que será executado com a ajuda de Arya. Jon e Bran têm os Wights para lidar, creio que Mindinho seja responsabilidade delas e, se os deuses antigos assim o permitirem, logo o jogo de Baelish terminará, e de modo amargo para ele.

-Quando um dragão se perde, outro aparece:

Tyrion tem uma ideia estúpida, Jon adere (afinal o que ele sabe?), Sandor faz cachorradas diante do inimigo e eis a equação que resulta na morte de um dos dragões de Daenerys. Agora a história do dragão ter três cabeças foi para o espaço, a menos que o Rei da Noite ganhe de brinde os outros dois. Mas o dia não foi apenas de perdas e Jon resolveu dobrar os joelhos. Parece que Dany perdeu um dragão mas ganhou outro. Por outro lado os White Walkers ganharam um aliado que tirou o favoritismo de Dany e companhia nessa guerra. Graças ao Rei da Noite, vencedor olímpico de arremesso de lança congelada.

P.s: de onde os wights tiraram aquelas correntes? Fica a dúvida.

-Jon Snow cheio de intimidade:

Estão forçando a família Targaryen e não é de hoje, mas Jon chamar Daenerys de Dany, como supostamente fazia Viserys, está um pouco além dos limites. A questão é : depois de reforçar os laços entre tia e sobrinho será que farão a manobra mais risível de todas e colocarão os dois num relacionamento amoroso? Seria tão desnecessário quanto previsível.

A série, nesse momento, parece muito perdida e a expectativa é enorme. Nós da redação já programamos nosso jantar westerosi para assistir a conclusão dessa etapa, mas o monstro da expectativa está mais ameaçador que o próprio exercito dos mortos. Domingo, satisfeitos ou frustrados, nos despediremos (por ora) da saga de Westeros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s