O Artista do Desastre é o grande acerto na carreira de James Franco

O Artista do Desastre é um filme baseado no livro homônimo escrito pelo ator Greg Sestero sobre sua experiência filmando o cult The Room, escrito, dirigido, produzido e estrelado por seu melhor amigo, o excêntrico Tommy Wiseau. O filme traz James Franco como produtor, diretor e protagonista (Wiseau), além de Dave Franco (Sestero), Seth Rogen e Zack Efron, entre outros.

A história mostra Greg, um modelo que sonha ser ator de cinema mas é tímido demais para atuar. Na escola de atuação ele conhece Tommy Wiseau, um aluno que, pelo contrário, é capaz de tudo em cima de um palco. Greg pede dicas a Tommy e uma amizade começa entre os dois. Wiseau então convida Greg para irem juntos para Hollywood tentar a sorte, fazendo testes de elenco. Greg acha impossível irem para lá sem moradia e trabalho, mas Wiseau o surpreende ao dizer que tem um apartamento em Los Angeles e dinheiro para arcar com as despesas necessárias. Greg, percebendo se tratar de uma oportunidade única, embarca com Tommy nessa jornada.

James Franco consegue, com o roteiro de Scott Neustadter e Michael Weber, passar toda a estranheza e paixão dessa personalidade no mínimo peculiar que é Tommy Wiseau. Sua aparência vampiresca, sua visão de mundo única e seu comportamento bizarro chamam a atenção, mas de um modo negativo. Wiseau é um alienado, um sonhador marginalizado no qual ninguém acredita. Greg também se sente incompreendido e desacreditado, por isso ambos fazem um pacto de sempre apoiarem o sonho um do outro e nunca desistirem. É uma história sobre a busca por um sonho, sobre amizade e sobre a luta de cada pessoa para ser aceito e amado como é. Cômico, dramático, trágico e também cheio de mensagens positivas sobre esperança e confiança, o filme traz os bastidores da filmagem de The Room, filme de 2003 concebido por Tommy Wiseau depois de passar anos tentando conseguir trabalho como ator em Los Angeles, sem sucesso. Considerado a obra prima dos piores filmes já feitos, The Room foi um tremendo fracasso em seu lançamento, mas acabou caindo no gosto do público e fazendo um sucesso tardio que perdura até os dias atuais.

img2

A escolha de elenco não poderia ser melhor. Os irmãos James e Dave Franco fazem os papéis principais e têm uma química única. Quanto a James, talvez se trate de sua melhor atuação no cinema até hoje. O ator reproduz fielmente os trejeitos, manias e sotaques de Tommy  (no final do filme são mostradas várias cenas do filme original ao lado de cenas do filme de Franco para que sejam comparadas e a fidelidade ao material original é impressionante).

O filme tem um roteiro bem enxuto e sem exageros além do necessário, tem atuações cativantes e conta uma história sobre alguém diferente, incompreendido e, mesmo assim, interessante. Um filme para rir e também para incomodar, que nos faz perguntar a nós mesmos quais os limites que estamos dispostos a ultrapassar, quanta coragem temos para ser puramente o que somos e perseguir exclusivamente nossos sonhos ao invés de vestir as máscaras que nos tornam aceitáveis e lutar por coisas importantes aos olhos de terceiros.

Artista do Desastre dá uma aula de como não fazer cinema e de como viver a vida. A vida de Tommy, como mostrada nesse filme, representa tudo o que escondemos dentro de nós, coisas que tememos que nos envergonhem e inspirem rejeição em quem nos rodeia, mas que têm o poder de nos fazer viver intensamente, de um modo único, se tivermos coragem de colocar pra fora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s