Seven Seconds : Série da Netflix aborda a crise racial dos EUA

Seven Seconds, série da Netflix em parceria com a Fox 21 Television, estreou recentemente no catálogo da rede de streaming sem fazer muito barulho nas redes. Pena, pois se trata de um show que aborda muitos temas atuais e delicados com profundidade, além de contar com ótimas atuações

A série se passa em Nova Jersey e acompanha a investigação em torno do atropelamento de Brenton Butler, um adolescente afro-americano que, após ser atingido por um carro enquanto andava de bicicleta, fora abandonado ferido e inconsciente sem que o motorista prestasse qualquer socorro

img2 Falar muito sobre a história acabaria por estragar a experiência da série. A promotora KJ Harper e o detetive Joe Fish investigam as circunstâncias do atropelamento atrás de pistas que os levem ao culpado. Para o espectador não há nada de misterioso no incidente, tudo é revelado desde o início. Mesmo assim a série consegue manter um ótimo nível de tensão e ritmo nessa primeira temporada. Os desdobramentos, as pistas (falsas e verdadeiras) e o jogo de gato e rato que se segue prendem a atenção do público até o fim.

O tema é bastante pertinente, principalmente se tratando dos Estados Unidos, que vive uma grave crise social provocada por atitudes racistas e truculentas perpetradas pela polícia contra cidadãos negros. Mas a série não é somente sobre isso e, apesar de se classificar como “drama policial”, também entrega temas como alcoolismo, problemas de relacionamento, vicio, tráfico de drogas, guerra, abuso infantil e até mesmo a religião. Tudo bem pontuado sem ser maçante, cada personagem com sua questão, como na vida real.

img3

Os personagens tem bastante carisma e boa construção, sem necessidade do uso de flashbacks. Um bom exemplo é o detetive Fish que nos primeiros episódios parece ser apenas um mala mas, conforme a trama se desenrola, conquista o público. Todos os personagens tem muitas camadas, até mesmo os “vilões” não são totalmente maus. Além da direção o mérito fica por conta das belas atuações, especialmente de Regina King, Nadia Alexander, Clare-Hope Ashitey e Michael Mosley que fazem Latrice Butler, Nadine, KJ e Fish, respectivamente.

A trama é muito bem amarrada e, tirando algumas pontas que foram deixadas claramente pensando numa segunda temporada, nada ficou sem resposta. Os dois últimos episódios tem uma certa queda no ritmo, mas nada que estrague a experiência.

Seven Seconds é uma série bem atual, muito bem trabalhada, e pertinente. Merece destaque nas séries da Netflix e uma segunda temporada. Fica aí nossa dica!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s