Ash vs Evil Dead encerra terceira temporada com adeus a Bruce Campbell

O humor escrachado e absurdista, as atuações canastronas e o gore pesado que fizeram de Evil Dead um clássico do terror dos anos 90, com legiões de fãs ao redor do mundo, foram trazidos para a TV na forma da série Ash vs Evil Dead, estrelada pelo próprio Bruce Campbell e produzida por Sam Raimi. Sem nenhum compromisso com o politicamente correto (ou com qualquer estômago um pouco mais sensível) a série traz Ash e sua famosa serra elétrica tendo que lidar novamente com os mortos-vivos e o livro maligno, Necronomicon.

Por duas temporadas o formato se sustentou, em boa parte devido ao carisma do impagável Bruce Campbell. No entanto, no terceiro ano, a história chegou num ponto difícil de se desenrolar e a série pareceu estar rodando em círculos. O publico não perdoou e a audiência despencou fazendo com que o risco de cancelamento se tornasse iminente. Com a corda no pescoço  os produtores resolveram concluir a história de Ash e assim pudemos, ao menos, ter uma conclusão decente para a serie, além de um gancho para continuação que poderia (talvez ainda possa) render muitas histórias boas.

Nesse terceiro ano Ash abre uma loja de ferramentas e, quando tudo parecia bem em sua vida, uma mulher aparece com uma garota dizendo ser sua filha. Enquanto isso Ruby recupera o Necronomicon e a história volta para o mesmo plot de dois anos atrás. A inclusão de novos personagens, como Brandy (filha de Ash) e os Cavaleiros da Suméria, pouco trouxeram de novidade para a série.

Um dos pontos onde a série não evoluiu se refere a Ruby e tudo que envolve o personagem. O reboot da vilã na terceira temporada não fez sentido algum e até mesmo a atuação de Lucy Lawless decaiu em qualidade. Provavelmente a falta de objetivos mais palpáveis para seu personagem não tenham exatamente ajudado seu trabalho interpretativo.

Ash Williams

O gore característico da série não foi deixado de lado, apesar de nenhuma cena da terceira temporada ter chegado sequer perto de uma certa cena num necrotério, na segunda temporada . A história não saiu do lugar, mesmo assim foi possível encontrar muitos momentos divertidos nessa terceira e última temporada.

O episódio final consegue fechar o ciclo iniciado décadas atrás (pelo menos assim pareceu), deixando o que seria um gancho excelente para um próximo ano, ou até mesmo um filme. Infelizmente o ator Bruce Campbell disse numa entrevista recente que se aposentou do personagem, de modo que dificilmente veremos uma continuação da história de Ash, seja na TV ou no cinema

É uma pena, pois um filme ou mais uma temporada decente e bem pensada seriam muito bem-vindos pelos fãs.

Adeus Ash Williams

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s